Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009

ELEIÇÕES - Moçambique (28/10/2009) - (1)

 

 

Está aproximar-se o dia das eleições em Moçambique. Digo eleições, para não falar numa “trapalhada” a que o regime chama de eleições, porque o que se está a passar, comparado com um verdadeiro processo eleitoral, não passa de uma triste farsa de carnaval. Basta ler a imprensa e ler as declarações de indivíduos como o Mariano Matsinhe e o Alberto Chipande que estão mais preocupados com sucessão no poder da Frelimo, do que nos interesses no desenvolvimento de um país que se chama MOÇAMBIQUE. Para estes indivíduos. A sua concepção de democracia equivale a zero, porque entendem que a Frelimo se deve perpetuar no poder e o Povo Moçambicano ainda deve venerar estes “heróis”, porque libertaram o povo do poder colonial e o povo deve continuar a prestar-lhes essa vassalagem.
 
Dois dos "anormais" que dominam o Poder em Moçambique

Mariano Matsingue afirma:

"Na Frelimo era normal fuzilar pessoas"

Alberto Chipande afirma:

"É normal os dirigentes da Frelimo enriquecerem à custa do Povo que libertaram"

 
Infelizmente, como irei demonstrar em artigos seguintes, estes indivíduos, que exigem a vassalagem do Povo Moçambicano, não passaram de meros guerrilheiros que amedrontavam o seu próprio povo e que mandavam fuzilar todos os comandantes de guerrilha que passassem a ser admirados pelo seu próprio povo, ou até, por uma mera questão de ciúmes ou disputa de mulheres. O exemplo desse “herói” chamado Samora Machel deve continuar a ser recordado: mandou matar o responsável máximo da DSD da Frelimo, Filipe Magaia, para ficar com o lugar dele e, como se isso não lhe bastasse, casar com a viúva, outra “heroína”, glorificada como Josina Machel, mas que antes se chamava Josina Mutemba. Quanto a esta glorificada “heroína”, não se conhece qualquer trabalho político de relevo para que possa ser considerada um símbolo da mulheres moçambicanas, a não ser o facto de ser uma simples guerrilheira do Departamento Feminino da Frelimo, ser, mais tarde, esposa de Filipe Magaia e, com o assassinato deste, se calhar, com a sua conivência, casar-se, por ambição pessoal, com o Samora Machel.
São histórias que a História de Moçambique oculta, porque são do interesse do Poder Instalado que a história seja contada dessa forma. Mas seria bom que os mais jovens se começassem a interrogar sobre as causas do interesse que a Frelimo tem em eternizar-se no Poder, nem que seja com base na mentira ou com a continuação no poder de “autênticos analfabetos” políticos, que ainda passam a vida e discutir quem vai suceder a quem, como aqueles dois comparsas Mariano Matsinhe e Alberto Chipande.
 
 
É tempo de Moçambique se libertar dos seus fantasmas e enveredar por uma via verdadeiramente democrática em que o poder seja entregue ao Povo e não a elites que se proclamam seus representantes ou que se acham com o direito de continuarem no poder como forma de pagamento de uma luta de libertação.
 
(Continua…)
Ovar, 15 de Outubro de 2009
Álvaro Teixeira (GE)    

 


Publicado por gruposespeciais às 23:12
LINK DO POST | COMENTAR O POST

Subscreva a Newsletter do BLOG


Crear letrero en flash

Insira o endereço do seu Mail:

Delivered by FeedBurner



ARTIGOS RECENTES

ZECA CALIATE VOZ DA VERDA...

O SÉRGIO ´´SERIAL KILLER`...

A VERBORRÁICA DO REGIME D...

Biografia de Zeca Caliate...

Omar Ribeiro Thomaz fala ...

"EMBARRIGUECIMENTO DOS LI...

FRAUDES MACIÇAS NAS ELEIÇ...

Não deves nada à Frelimo,...

Metelela - Os crimes da F...

ESCLARECIMENTO

ARQUIVOS

Abril 2016

Março 2016

Outubro 2014

Agosto 2014

Maio 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Junho 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Junho 2012

Abril 2012

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

MAIS COMENTADOS

ÚLT. COMENTÁRIOS

Caro amigo, se quiser partilhar a sua experiência,...
Sou um velho GE. Período 71/73.Comandei o GE 212 N...
Gostei de ouvir a messenge sobre os nossos heróis ...
EmFalta dizer que nesss fata te ofereceste para se...
Falta dizer que te ofereceste para os GE fui eu qu...

tags

todas as tags

OUTROS BLOGS E MUITO MAIS




LinkLog


Siga-me no Twitter

Grupos Especiais - Moçambique

Divulga também a tua página