Quinta-feira, 16 de Dezembro de 2010

A EXTREMA POBREZA EM MOÇAMBIQUE

 

De acordo com os dados do Fundo Monetário Internacional (FMI) existem, neste momento, 11,7 milhões de moçambicanos a viverem em situação de pobreza extrema.

Considera-se pobreza extrema todos os que vivem com menos de 18 meticais por dia ( um dólar vale cerca de 45 meticais), o suficiente para assegurar as calorias necessárias para manter a subsistência humana.

A situação de pobreza extrema tem vindo a agravar-se desde 2002, como reconhece o próprio governo da Frelimo, apesar das muitas injecções de capitais que têm sido efectuadas pelos países doadores e o próprio FMI.

 

 

As causas são diversas que vão desde o Gabinete do Planeamento do Zambeze que caminha para derrocada próxima e toda a agricultura desmantelada pelo regime do Samora Machel e, até agora, não recuperada e, por último todo o tecido produtivo que está em plena decadência.

A acrescer a esta situação, verifica-se o tráfico de droga, tendo-se o país tornado na segunda placa giratória no continente africano que, de acordo com o Wikileaks, tem, como principais beneficiários, o actual presidente da República e o seu antecessor, Armando Guebuza e Joaquim Chissano, respectivamente.

Com a degradação rápida da situação económica e as condições de vida das populações a diminuírem drasticamente, só há uma solução que é a de mudar de política.

A Frelimo, em 36 anos de poder, não resolveu nada, pelo contrário, agravou, já não é solução. A via eleitoral, neste momento, não parece ser a mais apropriada, dada a viciação sistemática do sistema eleitoral conduzida pela Frelimo.

A solução passará por uma revolta pacífica de todo o povo que não poderá ser conduzida pelos partidos instalados no poder que, como se está a verificar, não conduzem a coisa nenhuma, só servem para perpetuar a Frelimo no poder.

 

 

Os grandes beneficiários do narco-tráfico em Moçambique

Joaquim Chissano e Armando Guebuza

 

Daqui o meu apelo a todos os moçambicanos que se unam e consigam criar um movimento que altere toda esta situação, porque, senão será a pobreza completa para todos, excepto para aqueles que, ainda, conseguem viver das migalhas do poder ou roer um ossos debaixo das mesas dos abastados.

Força Moçambicanos, o futuro está nas vossas mãos.

 

Ovar, 16 de Dezembro de 2010

Álvaro Teixeira (GE)


Publicado por gruposespeciais às 21:27
LINK DO POST | COMENTAR O POST | VER COMENTÁRIOS (1)
Quinta-feira, 9 de Dezembro de 2010

Moçambique não é um completo narco-Estado corrupto, mas segue numa direcção inquietante.

 

Documentos revelados pelo site WikiLeaks revelam que, em 2009 o Presidente Guebuza e o seu antecessor, Joaquim Chissano são cabeça de um polvo que gere a rede de droga que tem como placa giratória o Estado de Moçambique.

Esta situação, por ser inquietante para todo o mundo, tem que ser devidamente investigada e os países doadores deverão cortar todos os investimentos neste país e ser considerado um estado pária à semelhança de outros que infringem as leis internacionais.

Esta situação torna-se gravíssima, a partir da altura em que, por trás desse rede de narco-tráfico estão o anterior e o actual presidentes do País.

Chegou a altura de a Comunidade Internacional tomar medidas contra esta situação. Não basta aceitar-se uma vitória fraudulenta nas eleições por parte de Guebuza e da Frelimo, é necessário acabar com este estado de coisas.

 

 

O Orçamento Geral do Estado de Moçambique continua a contar com mais de 50% dos países doadores e são estes que estão a contribuir para a grande placa giratória de droga em que se tornou Moçambique e ajudar a enriquecer, cada vez mais, as pessoas ligadas ao negócio, sendo que o Armando Guebuza se tornou no homem mais rico de Moçambique, situação que não teria conseguido com a venda de patos.

A todos os moçambicanos que acreditam nos valores da democracia, da liberdade, da fraternidade e da igualdade será necessário que reavivam estes valores, que lutem por eles e que se unam para fazerem uma verdadeira revolução democrática e acabarem com o perigo de Moçambique se tornar num Irão, Coreia do Norte ou da Somália.

 

 

 

Joaquim Chissano

 

 

Eu acredito no povo moçambicano acredito que ele irá conseguir libertar-se desta gente com as mão sujas de tudo, incluindo o sangue, dinheiro e a droga.

 

Ovar, 9 de Dezembro de 2010

Álvaro Teixeira (GE)

 


Publicado por gruposespeciais às 22:14
LINK DO POST | COMENTAR O POST | VER COMENTÁRIOS (2)

ver perfil

. 2 seguidores

Subscreva a Newsletter do BLOG


Crear letrero en flash

Insira o endereço do seu Mail:

Delivered by FeedBurner



ARTIGOS RECENTES

ZECA CALIATE VOZ DA VERDA...

O SÉRGIO ´´SERIAL KILLER`...

A VERBORRÁICA DO REGIME D...

Biografia de Zeca Caliate...

Omar Ribeiro Thomaz fala ...

"EMBARRIGUECIMENTO DOS LI...

FRAUDES MACIÇAS NAS ELEIÇ...

Não deves nada à Frelimo,...

Metelela - Os crimes da F...

ESCLARECIMENTO

ARQUIVOS

Abril 2016

Março 2016

Outubro 2014

Agosto 2014

Maio 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Junho 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Junho 2012

Abril 2012

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

MAIS COMENTADOS

ÚLT. COMENTÁRIOS

Afinal Samora e os amigos foram traiçoeiros ,assim...
Caro amigo, se quiser partilhar a sua experiência,...
Sou um velho GE. Período 71/73.Comandei o GE 212 N...
Gostei de ouvir a messenge sobre os nossos heróis ...
EmFalta dizer que nesss fata te ofereceste para se...

tags

todas as tags

OUTROS BLOGS E MUITO MAIS




LinkLog


Siga-me no Twitter

Grupos Especiais - Moçambique

Divulga também a tua página