Quinta-feira, 16 de Abril de 2009

OMAR - Cabo Delgado - Moçambique

 

OMAR – Traição ou Golpe da Frelimo?
 
No tempo em que estive internado no Hospital Militar de Lourenço Marques, desde 24/01/1974 e 10/05/1974, conheci um alferes, cujo nome já esqueci, no início de Março, que tinha fugido de Omar (Namatil), na sequência de um golpe de mão da Frelimo àquele aquartelamento. O referido alferes estava com grandes problemas psicológicos, devido aos sucessivos ataques contra aquele aquartelamento. Descreveu-me histórias incríveis e a forma como foi encontrado no mato, alguns dias depois, por militares portugueses, só com roupa interior e com a sua arma.
A partir dessa altura, Omar (Namatil) ficou-me gravada na memória, tal como outras localidades com simbolismo marcante da Guerra Colonial, pelo que comecei a pesquisar na Net e na bibliografia sobre o que se tinha passado com o que ficou conhecido como a “Traição de Omar”.
O Dr. Almeida Santos afirma na sua obra “ Quase Memórias” que o que se passou em Omar, com a entrega do Aquartelamento à Frelimo e a fuga dos seus militares para a Tanzânia constituiu um grave entrave no processo de negociações com a Frelimo, justificando que aquele acontecimento foi um processo voluntário, contra a revelia do Estado Português.
Por sua vez, o alferes miliciano Costa Monteiro, comandante interino da unidade, afirma, em entrevista, que não houve qualquer entrega voluntária, mas sim, uma traição da Frelimo, numa altura em que os militares já estavam num processo de descompressão e rendidos aos acontecimentos, que trouxe dezenas de guerrilheiros, comandados por Salvador Mutumuke, a fim de assaltarem o Aquartelamento e prenderem os militares aquartelados em Omar. Alguns militares ainda conseguiram escapar e foram acolhidos em aquartelamentos das redondezas.
 
Esta entrevista pode ser lida, na íntegra no endereço:
http://macua.blogs.com/moambique_para_todos/omar_01081974/index.html
 
Como as versões são completamente contraditórias o que não permite chegar a uma conclusão óbvia sobre o que, de facto se passou, continuei com as minhas pesquisas e encontrei o relato do Secretário Adjunto das Relações Externas da Frelimo e participante nas negociações para o acordo de Lusaka e que, quando se chegou ao assunto do assalto ao Aquartelamento de Omar e dos seus prisioneiros, diz o seguinte:
Passo a citar:
“ Nessa altura, Melo Antunes chama-nos à parte e dá a informação que Vítor Crespo, que era da confiança do Movimento das Forças Armadas, seria o Alto-comissário e levanta um problema grave; o MFA encarava muito mal o assalto de Namatil, dado que podia ser prenúncio de uma desagregação que eles, como militares e como dirigentes, não podiam aceitar. Exigiam que a FRELIMO cessasse tais ataques, para o bom andamento das conversações. Concordamos como prova de boa vontade e em resposta aos passos que estávamos a dar nas negociações. Também não nos interessava essa desagregação, em todo o caso o nosso ponto estava feito.”
Estas declarações podem ser confirmadas no Blog do próprio:
ideiasdebate.blogspot.com/2005/06/um-jovem-na-independncia.html
 
Ora, se esta é a confissão oficial de um alto dirigente da Frelimo e que confirma o assalto a Omar, porque é que insiste o Dr. Almeida Santos em defender uma tese sem fundamentos?
Afinal o que os nossos negociadores sabiam do que se passava no terreno?
Quais os fundamentos em que se basearam para não fazerem uma verdadeira Autodeterminação, como estava prevista no Programa do MFA, e entregaram o poder total à Frelimo?
No que diz respeito ao caso de Omar, a questão penso que fica esclarecida.
Não houve qualquer traição dos nossos militares, mas um golpe de mão da Frelimo, a fim de ganhar uma posição forte nas negociações e na troca de prisioneiros.
A questão da cassete não pode ser uma de prova credível, porque não sabemos em que condições foi gravada e de quem são as vozes. O que acho estranho é que nossos políticos, alguns deles, experimentados advogados, tenham caído em semelhante logro.


Publicado por gruposespeciais às 17:38
LINK DO POST | COMENTAR O POST
1 COMENTÁRIO:
De Santana (Omar 1973/74) a 28 de Janeiro de 2016 às 11:20
Ao pessoal da compania de cavalaria 8421 e grupo de Artilharia. Ao longo dos ultimos tempos tenho acompanhado alguns comentarios e fotos. Naturalmente que isto mexe comigo. Por ter vivido fisicamente no periodo 73/74 a existencia de Omar (hoje Namatil). Varios nomes e imagens ainda perduram em minha memoria. Ha anos atras tive a alegria de ter abraçado o comandante Monteiro e o inesquecivel Verissimo Da Silva este ultimo companheiro de muitas vivencias. Guardo do Silva uma foto onde se captava a agua, onde estou tambem eu e o Alferes Moreira. Este ultimo foi evacuado por lhe ter explodido nas maos um engenho. E ate hoje nada sei do estado em que ficou. Por hoje fico-me por aqui, na espectativa de algum comentario. Pois nao imagino quem ainda possam fazer parte dos vivos.
Grande abraço. SANTANA


Comentar post


ver perfil

. 2 seguidores

Subscreva a Newsletter do BLOG


Crear letrero en flash

Insira o endereço do seu Mail:

Delivered by FeedBurner



ARTIGOS RECENTES

ZECA CALIATE VOZ DA VERDA...

O SÉRGIO ´´SERIAL KILLER`...

A VERBORRÁICA DO REGIME D...

Biografia de Zeca Caliate...

Omar Ribeiro Thomaz fala ...

"EMBARRIGUECIMENTO DOS LI...

FRAUDES MACIÇAS NAS ELEIÇ...

Não deves nada à Frelimo,...

Metelela - Os crimes da F...

ESCLARECIMENTO

ARQUIVOS

Abril 2016

Março 2016

Outubro 2014

Agosto 2014

Maio 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Junho 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Junho 2012

Abril 2012

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

MAIS COMENTADOS

ÚLT. COMENTÁRIOS

Afinal Samora e os amigos foram traiçoeiros ,assim...
Caro amigo, se quiser partilhar a sua experiência,...
Sou um velho GE. Período 71/73.Comandei o GE 212 N...
Gostei de ouvir a messenge sobre os nossos heróis ...
EmFalta dizer que nesss fata te ofereceste para se...

tags

todas as tags

OUTROS BLOGS E MUITO MAIS




LinkLog


Siga-me no Twitter

Grupos Especiais - Moçambique

Divulga também a tua página